segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Olá  vou conta um pouco da "MINHA HISTÓRIA de UMA CADEIRANTE$ pra vocês.

Moro em Nazaré BAHIA. Sou deficiente física desde quando nasci, nunca andei meu problema foi nas pernas. Tenho 43 anos moro com meu pai e uma sobrinha.
Meu Pai teve #AVC vai fazer 1 ano em fevereiro, ficou com um braço esquecido (não sente os braços) e não anda. 

Eu faço as coisas tudo sozinha na cadeira, cuido de casa, viajo e vou para os eventos da igreja e adoro ir a praia, sou uma pessoa alegre, minha deficiência não tirou o meu sorriso.
Tenho 12 irmãos, mas eles trabalham e uns só vejo a noite.

Se alguém me perguntar sobre a minha infância, eu nunca tive.
Porque minha infância  foi toda dentro do hospital.
Eu tinha 1 ano quando dei entrada no hospital  só saí de lá quando tinha 10 anos.
Todas as festas que tinha, eu tava lá dentro, sem sair pra nada.
Fiz várias operações para voltar a andar e não deu resultados, só deixaram cicatrizes.

Comecei a franquentar escolas com 15 anos, me formei para #professora e hoje faço #estágio.

Comecei a namorar com 23 anos. Não tive muitas decepções porque não durava muito tempo minhas relações.
Agora que estou em um relacionamento sério.
Não tenho filhos e não sei se quero ter.
Casar no momento, não dá. Pois para isso precisamos primeiro ter a nossa própria casa.

Creio que Deus proverá.
Para #Deus tudo é #possível e para o #AMOR nada é #impossível.

Bom, essa é minha história... Espero que tenham gostado ❤ .


#HistóriaDeUmaCadeirante

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog